SEJA BEM VINDO! 11 de dezembro de 2017 LITURGIA DIÁRIA SIGA-NOS

Jovens celebram Dia Nacional da Juventude

Publicado em 03/11/2017       Nenhum comentário

Fé, alegria, reflexão e muita animação foram os ingredientes principais da celebração do Dia Nacional da Juventude (DNJ) na Diocese de Amparo e que aconteceu neste ano em nossa comunidade paroquial. Nos dias 28 e 29, todos os caminhos levavam os jovens para o Centro de Pastoral São João Paulo II para um encontro com diversificada programação alimentada pela alegria do ser Igreja e que vem de Cristo Jesus.

Para o Pe. Carlos Panassolo, assessor eclesial do Setor Juvenil, o encontro foi valioso momento de reaprender a caminharmos juntos, vencer tabus que ainda temos para que de fato a alegria dessa grande diversidade que somos, em termos de história, vivências, testemunhos, idade, possa se tornar cada vez mais precioso e belo no edificar de uma comunidade cada vez mais vibrante a iluminar o coração de muitos.

“Pessoalmente, o DNJ foi momento de revigorar muitas coisas, de reaprender algumas e de rever justamente a grandeza de quem somos e a força que a juventude tem e traz. Articular todas essas ações significa dar fôlego novo, que o Papa Francisco tanto nos pede. Deus abençoe a cada um que colaborou, às pastorais que se envolveram, aos voluntários…  Foram dias inesquecíveis não só nos corações dos jovens mas de todos aqueles que participaram com vigor destes momentos de graça e bênção de Deus”, agradece o padre.

A programação começou com emocionante momento de adoração ao Santíssimo Sacramento conduzida pelo Pe. Carlos e pela Comunidade Católica Pantokrator. Em seguida, os jovens se divertiram com apresentação da banda da Comunidade AthoS2 e DJ Vini Vinil. Após o término, aproximadamente 80 jovens fizeram uma caminhada até o Colégio Tema, local que fizeram acampamento.

No domingo de manhã, os jovens fizeram uma procissão carregando a Cruz Missionária do colégio até o Centro de Pastoral, sendo acolhidos com um café da manhã e animação da banda da comunidade Pantokrator.

A primeira colocação do dia ficou por conta do diácono Michel Candeu, da Diocese de Votuporanga (SP). Psicólogo com especialização em juventude, o jovem pôde compartilhar sua vida a partir da sua experiência familiar, testemunhando aos jovens a importância da família. “Estou muito feliz com a participação de todos e de ter sido convidado e poder testemunhar um pouco da minha vida, sobre minha infância e adolescência com minha família, lembrando sempre que o amor tudo supera e conquista e que podemos resgatar vidas. Espero que eu possa ter contribuído um pouco com todos. Foi um momento incrível e que lembrarei. Tenho certeza que através de Deus e da fé de muitos, alguns corações sentiram-se tocados a pensar, mudar e refletir um pouco sobre a vida”, testemunhou.

Outro importante momento de reflexão aconteceu com a participação da Comunidade Instrumento de Deus, da cidade de São Paulo, que desenvolve trabalho de evangelização com os jovens infratores que moram na Fundação Casa. “É muito bom falar daquilo que fazemos com tanto prazer e amor.  Falar desta missão na Fundação Casa é também uma denúncia. Mais do que fazer um trabalho de evangelização, é também de denúncia do que aqueles jovens vivem lá dentro, vivendo uma experiência triste mas que tem uma história por detrás. A grande alegria de testemunhar no DNJ, é que os jovens que participaram tenham a consciência de que eles não precisam passar por essa experiência do uso de drogas, de uma vida de crime, e que há oportunidade de seguir adiante na conquista de seus sonhos de uma forma totalmente diferente”, conta Vanderlei Ferrais de Araújo.

Vanderlei ainda salientou a acolhida em nossa diocese pelos jovens. “No sorriso e olhar de cada jovens presente, a gente viu tão claramente a presença de Deus. Eles transbordam a presença de Deus. Não sei de onde são nem como vieram mas sentimos esta presença de Deus, que nos proporciona a nos colocar à disposição para levar aos jovens a certeza de que vale a pena ser de Deus. Foi uma missão muito importante porque muitos não querem saber como é a vida dos jovens que vivem na Fundação Casa e compartilhar isto foi marcante para nossa caminhada. Nossa alegria enquanto comunidade é demonstrar o quanto vale a pena ser de Deus, se doar e compartilhar esta experiência diária que vivemos e que outras pessoas tenham a oportunidade de conhecer a Deus”, alegra-se.

Em celebração pelos 300 anos de Aparecida, os jovens participaram de um momento mariano rezando o Terço das Sete Dores de Maria e fizeram uma procissão com o andor de Nossa Senhora até a igreja matriz de São Sebastião, encerrando a programação com missa presidida pelo bispo diocesano, Dom Luiz Gonzaga Fechio.

Em sua homilia, Dom Luiz salientou a importância do jovens para a Igreja e como o mês de outubro foi especial para toda a diocese, em especial para a juventude. “Muito obrigado, querido jovem, por aceitar este convite da nossa Igreja, feito pelo Pe. Carlos e que também trago no meu coração por causa da grande importância que este domingo, Dia Nacional da Juventude, tem para todos nós. Este mês foi muito especial. Para todos que perguntei, e foram vários, fizeram como foi maravilhosa a experiência que começou com a missão jovem diocesana até a comemoração do DNJ. Fico feliz porque tenho que neste mês jogamos um punhado de sementes, que com a graça de Deus e com a maravilhosa ação do Espírito Santo sob o manto de Nossa Senhora, vão germinar. Obrigado, jovem, por acreditar e sair destes momentos com maior certeza que todos vocês são muito importantes para a nossa Igreja, para a beleza da nossa comunhão, para a beleza da juventude, apesar de tanta porcaria que está sendo jogada pela sociedade dentro do coração de vocês”, agradeceu o bispo.

Ao final da celebração, Pe. Carlos anunciou os locais escolhidos para receber a missão jovem diocesana e o DNJ, Santo Antônio de Posse e Pedreira.

Para o jovem Felipe Ap. de Souza Martins, da Paróquia São Benedito de Itapira/SP, a missão diocesana e o DNJ foram importantes momentos de partilha. “A missão foi uma experiência única. Há dois anos que estou mais ativo na vida da Igreja e com a missão pude ir além do ambiente de dentro para poder compartilhar o alimento espiritual e aprender com a simplicidade, um fator importante no cristianismo, preocupar-se com o próximo e sair como na origem da Igreja, quando os apóstolos saíram em missão sem levar nada além do Evangelho”, testemunha o jovem.

Paulo Machado, jovem da Paróquia São João Batista de Amparo/SP, compartilha também a alegria do DNJ. “O encontro mostrou aos jovens a sua importância para que nossa Igreja seja sempre mais forte e em saída para levar a Palavra de Deus para todos, e que possamos ser exemplo para a sociedade a partir do evangelho para que vejam o amo de Cristo em nós”, disse.

Confira mais foto na página do Setor Juventude no Facebook clicando aqui.

 

Deixe um comentário

*
*

CATEGORIAS

Leia as notícias e artigos por categoria

  diocese     cnbb       vaticano

PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO

Matriz Nova e Secretaria

Av. Dr. Coriolano Burgos S/Nº - Amparo, SP
Entrada pelo portão lateral

Contato: (19) 3807.2648 saosebastiaoamparo@bol.com.br

Casa Paroquial

Rua Cacilda Becker, 137 - São Lourenço